Quinta-feira, 11 de Agosto de 2005

Sem tempo




Há muito que não falavamos,
soube-me bem.
Sabes?...A vida vai correndo, veloz, silenciosa, sem darmos conta.
Nunca temos tempo para nada.
Nem para ninguem.

Os nossos filhos cresceram,
mesmo ali à nossa frente,
tornaram-se gente, e tambem não demos conta...
Não há tempo!
Para nada, nem para ninguem.

Os pais, os avós,
todos os que nos amaram, e acompanharam, um dia,
vão deixando de nos acompanhar, ou amar.
Vão partindo!
Quase nem nos damos conta,
não há tempo!
Para nada, nem para ninguem.

Assim, vamos vivendo,
uma correria infernal,
tentando ser feliz,
embora saibamos que algo está mal.
Tambem não nos preocupamos...
Não há tempo!
Para nada, nem para ninguem.

Mas ontem, resolvi parar,
olhei para trás,
tentei conversar, ter tempo.
Soube-me bem.
Senti finalmente, que ainda sou gente!
Gente que ri, chora, sente.
Que num só dia apenas, teve tempo!
Tempo para perceber o que está mal, ou bem.
Tempo, para ti, para nós.
Tempo, para alguém!

publicado por tia rute às 23:53
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Angel a 4 de Setembro de 2005 às 15:32
O TEMPO ... O que será o Tempo ... tal como tantas outras palavras perante o infinito do UNIVERSO?!...
Seja o que seja ... neste momento tenho tempo para te dar os PARABÉNS pelo que sentes naquilo que escreves.
Gostei Lourinha.
"Bêjos" e.. continua.


De gato-men a 17 de Agosto de 2005 às 01:36
Olá! adorei este poema! pois o tempo é precioso e quantas veses corre sem nos dar-mos conta! é bom que tenhamos um pouco de tempo para amar! pois enquanto se ama não se perde tempo! beijinhos...


De patupi a 16 de Agosto de 2005 às 21:07
O tempo é muito traiçoeiro... Beijocas, madrecita linda! Saudades!


De Carla a 12 de Agosto de 2005 às 18:48
É tão bom conseguir tempo para nós e para os outros no meio deste ritmo desenfreado... Ainda bem que temos tido sempre tempo para estarmos juntas, amiga querida :) Beijo grande :)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Eu

. Desejo...

. Nas asas do vento

. A moment like this

. Eva

. Como num filme...

. Contagem Crescente II

. Ausência

. Em silêncio

. Um novo ciclo

.arquivos

. Maio 2010

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Fevereiro 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds