Quinta-feira, 8 de Novembro de 2007

Como num filme...

  (foto de Bubbles "in" Olhares.pt)

 

Vieste!

 

As minhas mãos deixaram de estar vazias de ti. Ainda sinto o teu calor, o toque da tua pele, o cheiro do teu perfume, em mim.

 

As imagens passam-me na mente, como se de um filme se tratasse. Revejo mentalmente todas as cenas, e sorrio. Deixaste-me em estado de graça.

 

Uma rosa começou a secar. Fiz de propósito, quero guardá-la para sempre. Quero olhar para ela daqui a uns anos, e continuar a sorrir. Representa um dos dias mais felizes da minha vida.

 

Vieste!!

 

Trouxeste contigo um amor que eu julgava não merecer. Brindaste-me com uma ternura que eu julgava não existir. Surpreendeste-me, mais uma vez, como jamais alguém conseguiu surpreender-me. Trouxeste um brilho novo ao meu olhar. Fizeste-me sorrir, como há muito não sorria. Fizeste-me feliz.

 

Vieste!!

E agora o que faço? Não quero ver-te partir...

 

sinto-me: Nas nuvens!
música: Unbreakable

publicado por tia rute às 17:11
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sábado, 3 de Novembro de 2007

Contagem Crescente II

 

 

 

Hoje, as rosas amarelas passaram a ter um significado diferente...

 

A distância também...

 

60 dias.

 

1.440 horas.

 

2.880 sorrisos.

 

Impossível contar as palavras trocadas com tanto carinho...

 

Impossível avaliar a tua capacidade em me surpreender...

 

Impossível esquecer-me de ti...

 

Obrigada!

 

 

 

sinto-me: Feliz
música: "A thousand kisses deep"

publicado por tia rute às 05:05
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007

Ausência

 

 

 

Há dias em que me sinto assim.

Hoje é um desses dias.

 

Sinto-o desde que acordei.

 

O peso da distância está cada vez mais difícil de suportar.

A cada dia que passa, o vazio da ausência torna-se ainda mais vazio.

A saudade do que ainda não vivi, cresce em cada minuto.

Como é possível ter saudade de um desejo? De um sonho?

 

Há dias assim.

 

Embora eu sinta o coração cheio, feliz, a transbordar, não consigo evitar que as minhas mãos pendam ao longo do corpo, vazias.

 

Vazias de ti.

sinto-me: com saudades
música: Whish you were here

publicado por tia rute às 03:53
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Eu

. Desejo...

. Nas asas do vento

. A moment like this

. Eva

. Como num filme...

. Contagem Crescente II

. Ausência

. Em silêncio

. Um novo ciclo

.arquivos

. Maio 2010

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Fevereiro 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds