Domingo, 9 de Setembro de 2007

Porquê?

calma.JPG


(foto de J.R.)


Porque sopra o vento na minha alma, e me embala em sons de violino?

Porque sinto a carícia de um beijo que não dei, mas adivinho?

Porque voam as borboletas em volta de um jardim que não tenho, mas imagino?

Porque oiço o cantar dos pássaros que não existem naquele ninho?

Porque mudaram as cores do mundo, assim, de mansinho?

Porque andam as palavras de mãos dadas, num imenso carinho?

Porque tudo o que toco se transforma em mel de rosmaninho?

Só tu sabes porquê.

publicado por tia rute às 06:01
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De j.r. a 9 de Setembro de 2007 às 22:30
Valeu...!!!

Porquê?
O esquecimento, é o suicídio da alma
Mas como a alma é imortal
Esquecer-te é impossivel.


De bapsi a 9 de Setembro de 2007 às 20:15
Olha quem voltou!
Gostei de te ler depois de tanto tempo.
Bem voltada.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Eu

. Desejo...

. Nas asas do vento

. A moment like this

. Eva

. Como num filme...

. Contagem Crescente II

. Ausência

. Em silêncio

. Um novo ciclo

.arquivos

. Maio 2010

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Fevereiro 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds