Segunda-feira, 29 de Novembro de 2004

Saudade

Saudade...
Hoje,não sei porquê,talvez pelo facto de estar a chover,e me sentir em pleno inverno,dei comigo,algo saudosista,nostálgica. Senti saudades de pessoas, coisas, e lugares.
Senti saudades dos meus avós.Lembrei-me de quando era miuda, das minhas férias passadas no alentejo,em casa deles.Lembrei-me que não gostava de leite, e que para que eu o bebesse, a minha avó tinha a paciência, de estar comigo até altas horas da noite, servindo-me o referido leite, em pequenos copinhos de plástico. Esses copinhos,teriam o tamanho de um dedal de costura,mais coisa menos coisa, e pertenciam a um serviço de copos, que eu tinha, para brincar! Que paciência a dela!....
Lembrei-me também,que um dia,eu fiz uma birra, porque queria que ela me fizesse tranças no cabelo.Só que eu não sabia o nome desse penteado...e então,ela foi comigo a casa de todas as vizinhas que moravam lá na rua,tentando que alguma delas,adivinhasse o que eu queria! Finalmente,ao fim de algum tempo,e muito berreiro,uma das senhoras,lá descobriu o que eu tanto queria!
Lembrei-me igualmente, que os meus avós me deixavam ir ao baile, na Sociedade Artística, com a condição de estar em casa à meia noite...o que eu cumpria rigorosamente!
Só que, quando eles se deitavam, e adormeciam profundamente, eu fugia pela janela, descalça, para não fazer barulho nas pedras da calçada, indo então, para os bailes, até à hora que me apetecesse! Lembrei-me, que um dia, fui apanhada!
Também me veio à memória, as manhãs passadas, na loja do meu avô.Ele adorava, ter-me lá a ajudá-lo! E recordo o seu orgulho,quando eu, aos 5 anos, lhe lia o jornal, de fio a pavio! Ele ensinou-me a ler e a escrever, mesmo antes de eu ter ido para a escola!
Que saudades...
Lembrei-me também de certas coisas,e tenho saudades! Tenho saudades da minha bicicleta amarela,Órbita,com mudanças, e assento estofado..que fazia as minhas delícias,e me fazia sentir gente! Muitos kilometros percorremos...eu e ela! Lembrei-me também,da minha Honda.a minha mini trail, com a qual fiz, muito moto cross! Muitas quedas demos...eu e ela! Também me veio à memória, o meu gira-discos portátil! Sim! Era o meu pequeno vício! Para onde eu ia, ia ele....iam os meus discos. Muitos slows dancei, naquelas festas particulares de adolescentes!...
Finalmente, senti saudades de alguns lugares. Senti saudades,da praia fluvial do Guadiana, a minha praia preferida! Hoje já não existe,a barragem do Alqueva,substituiu-a! Recordei, e vi, a ponte velha, que hoje está submersa. Também vi o moinho velho, de pedra, que me serviu tanta vez de solário, e de prancha de saltos! Também já não existe...submergiu!
Enfim, chega de saudade por hoje...mas não queria terminar,sem deixar no ar esta questão : se a saudade é uma palavra portuguesa, que tão bem exprime um sentimento só nosso, português, como será que os outros povos, definem este sentimento? Não sentirão eles saudade, também?! Claro que sim! Mas...que nome lhe darão?

publicado por tia rute às 01:23
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De margarida_rr a 2 de Dezembro de 2004 às 01:16
Olá filhinha patu! :o)) E a tua´Órbita,também te fazia sentir gente?..jinhos grandes!


De patupi a 1 de Dezembro de 2004 às 03:31
Ah, madrecita... lembrei muita coisa minha... mas hoje quero fazer referência apenas a uma coisa, se não me levas a mal: eu tive uma bicicleta Órbita também, mas era cor de laranja! Eu adorava aquela bicicleta! :-) Beijocas***


De Nuno a 29 de Novembro de 2004 às 20:27
Estes dias mais tristonhos, deixam-nos sempre mais nostálgicos. Mas é bom recordar essas aventuras. Grandes verões azuis!!!
1 abraço


De Carla a 29 de Novembro de 2004 às 04:49
Que bonitas e doces, as tuas saudades :) Uma bicicleta amarela deve ter sido o máximo! :) Quanto a praias fluviais, espero que um dia venhas comigo conhecer a da Congida. No que diz respeito à saudade, os outros povos falam de nostalgia e de sentir a falta, mas realmente a nossa língua é lindíssima e muito rica, o que nos permite ter uma palavra certeira para esse sentimento tão belo e gostoso, mas por vezes tão entristecedor. Beijo grande, amiga linda :)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Eu

. Desejo...

. Nas asas do vento

. A moment like this

. Eva

. Como num filme...

. Contagem Crescente II

. Ausência

. Em silêncio

. Um novo ciclo

.arquivos

. Maio 2010

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Fevereiro 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds