Quinta-feira, 8 de Novembro de 2007

Como num filme...

  (foto de Bubbles "in" Olhares.pt)

 

Vieste!

 

As minhas mãos deixaram de estar vazias de ti. Ainda sinto o teu calor, o toque da tua pele, o cheiro do teu perfume, em mim.

 

As imagens passam-me na mente, como se de um filme se tratasse. Revejo mentalmente todas as cenas, e sorrio. Deixaste-me em estado de graça.

 

Uma rosa começou a secar. Fiz de propósito, quero guardá-la para sempre. Quero olhar para ela daqui a uns anos, e continuar a sorrir. Representa um dos dias mais felizes da minha vida.

 

Vieste!!

 

Trouxeste contigo um amor que eu julgava não merecer. Brindaste-me com uma ternura que eu julgava não existir. Surpreendeste-me, mais uma vez, como jamais alguém conseguiu surpreender-me. Trouxeste um brilho novo ao meu olhar. Fizeste-me sorrir, como há muito não sorria. Fizeste-me feliz.

 

Vieste!!

E agora o que faço? Não quero ver-te partir...

 

sinto-me: Nas nuvens!
música: Unbreakable

publicado por tia rute às 17:11
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Carla a 9 de Novembro de 2007 às 00:17
Ele nunca irá "partir", amiga linda. Senti-o na voz dele. E és mais do que merecedora disso. Mereces todo aquele entusiasmo que ele tem na voz. Merecem-se um ao outro e eu estou tão mas tão feliz com o vosso amor! Um brinde aos dois e que continuem a fazer nascer muitos sorrisos um no outro :) Tchim-tchim! :)) Beijo enorme!


De crescer_e_aprender a 14 de Novembro de 2007 às 13:28
Simplesmente perfeito. Bonito, sentido. Como nos sentimos sempre nesses momentos. Um beijinho


De areograma a 15 de Novembro de 2007 às 14:29
Parabéns


De Teresa Silva a 26 de Novembro de 2007 às 14:23
Eles apenas procuram uma oportrunidade de viverem como nós...
Amores impossiveis, amores avassaladores, uma luta pela vida numa sociedade intolerante... Até quando eles vão manter o segredo?
Vem conhecer esta história no meu blog...
Espero por ti...
Boa semana


De jr a 4 de Dezembro de 2007 às 14:25
Deixa-me apagar esta luz intensa que me cega, e me leva ao deserto da dor, preciso de ver o céu por cima de mim, e preciso pintá-lo com as cores do nosso amor.

beijos nunca esquecidos.


De Bira a 12 de Dezembro de 2007 às 00:28
Saudações.
Que belo weblog tu tens aqui. Virei visitar com freqüência. Um abraço do Bira (Brasil)
Do blog Bobagens Necessárias
http://bobagensnecessarias.blogspot.com



Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Eu

. Desejo...

. Nas asas do vento

. A moment like this

. Eva

. Como num filme...

. Contagem Crescente II

. Ausência

. Em silêncio

. Um novo ciclo

.arquivos

. Maio 2010

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Fevereiro 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds