Sábado, 8 de Março de 2008

Eva

Todos sofremos perdas ao longo da vida. Umas mais importantes que outras...esta foi muito importante, eu sei...

 

__________________________________________________________

 

 

Eva, foste embora, e deixaste saudades...eras uma "menina" linda, meiga, e muito, muito querida!

Sabes...sei que lá onde estás, estás bem,  feliz, e a velar pela tua dona que tanto te amava. Mas não me conformo com o facto de não ter conseguido evitar que te fosses embora.

 

Sei que podia ter feito mais,muito mais... mas não imaginei que não soubessem tratar de ti...não podia supor que apenas pensassem em dinheiro, sem se importarem contigo, com o teu bem estar, com a tua vida!

 

Foste embora, e a vida de quem contigo conviveu, ficou mais pobre. E eu, impotente, só lamento. E como lamento, Eva!!

 

E para que fiques pra sempre nos nossos corações e possamos matar saudades, aqui te deixo, linda, como sempre foste!

 

Foi injusto...muito injusto...

 

Festinhas pra ti, que vão directas aí para a ponte do arco-íris, onde eu sei que estás abanando a cauda, esperando alegremente pela tua dona.

 

Até sempre cadelinha linda...

sinto-me:
música: Seasons in the sun

publicado por tia rute às 02:56
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De tia rute a 9 de Março de 2008 às 19:43
Amiga querida, os amigos são para isso mesmo, e não agradeças, porque o pouco que fiz, fiz de coração. Só lamento, não ter feito nada antes de tudo ter começado, só isso!
Sei que por minha influência, as coisas poderiam ter tido um desfecho diferente...ou talvez não....não sabemos...mas ficarei sempre com essa "culpa".
E acredita que estou contigo, porque sei bem o quanto custa perder um animal de que tanto gostamos. Mas pior que isso, é saber como as coisas se passaram, e esta revolta, ninguém ma tira! Para muitos, será ridículo...afinal, era "apenas" um cão...mas ambas sabemos como dói! Beijo grande pra ti! :o)


De Carla a 9 de Março de 2008 às 22:36
Não tens que sentir culpa nenhuma, amiga querida. Senão não terás razão quando dizes que não a devo sentir também. Mas é difícil não pensar como tudo poderia ter sido tão diferente... À tarde não conseguia ver a foto. Agora vi-a, tão linda... e dói-me tanto... Tu sabes... Obrigada... Um beijo muito grande.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.posts recentes

. Eu

. Desejo...

. Nas asas do vento

. A moment like this

. Eva

. Como num filme...

. Contagem Crescente II

. Ausência

. Em silêncio

. Um novo ciclo

.arquivos

. Maio 2010

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Fevereiro 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds