Sexta-feira, 19 de Novembro de 2004

Alguem viu o Pai Natal






É verdade, há muito que criei este blog, mas só hoje, ou porque me apeteceu, ou porque tive mais tempo livre, resolvi começar. E quero começar,precisamente a falar do Natal.

É a época do ano que mais gosto, não pelo seu significado cristão, mas por todo o ambiente que se vive nesta altura, luz, cor, azáfama, familia,resumindo....festa!

Ontem, dei comigo a sonhar acordada, e a viajar no tempo:lembrei-me dos natais de quando era garota!

Senti a minha avó (minha querida, tenho tantas saudades tuas!!), pé ante pé, no meu quarto, dispondo da melhor forma que sabia, as prendas que eu tinha pedido ao Pai Natal.
Cheirei as filhós que ela fazia, estaladiças, senti no ar o aroma do cabritinho assado (hummmm), e ouvi, nitidamente, os risos dos meus primos, e irmão!!!

Sim! Ouvi-os correr pla casa!! Ouvi o barulho das pistas de automóveis, dos carros telecomandados, que eles pediam todos os anos ao pai natal...sim, porque os referidos brinquedos, tinham curta duração, naquelas mãos pequenas, e ávidas de descobertas!
Havendo por isso,necessidade,de repor o stock,no ano seguinte...

Depois, voltei a viajar, desta vez para anos menos remotos, mas igualmente distantes :os natais passados com os meus filhos ainda crianças!

Sorri ao lembrar-me do meu filho, então, com 5 anos:

Chegada a meia noite, o teatro começava....as crianças (filhos e sobrinhos) ficavam no quarto, muito quietas, esperando ansiosamente a chegada do Pai Natal. Nós, os adultos, em azáfama alucinante, enchiamos os grandes sacos vermelhos, personalizados com a bota de cada um deles, junto da chaminé que entretanto,e por força do progresso, se tinha transformado em exaustor...sacos a transbordar de brinquedos!

Depois, fechavamos a porta da cozinha, esperavamos 5 minutos, olhando para as nossas crianças, felizes, expectantes, até que alguem batia numa porta! Era o sinal do Pai Natal!

Nessa noite, também foi assim. E quando todas as crianças correram para a cozinha, completamente tresloucadas para ver o que tinham ganho nesse ano, eis que o meu filho passou "ao largo" do seu saco, da sua bota, e correu para a janela de boca aberta, ar completamente surpreso...afirmando a pés juntos, ter visto o Pai Natal, o trenó e as renas!!!

Ainda hoje ele garante que o viu....

publicado por tia rute às 17:09
link do post | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 5 seguidores

.pesquisar

 

.Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Eu

. Desejo...

. Nas asas do vento

. A moment like this

. Eva

. Como num filme...

. Contagem Crescente II

. Ausência

. Em silêncio

. Um novo ciclo

.arquivos

. Maio 2010

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Fevereiro 2007

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

SAPO Blogs

.subscrever feeds